Eficiente, Fluminense bate o Coritiba no Couto e volta a vencer no Brasileiro

Eficiente, Fluminense bate o Coritiba no Couto e volta a vencer no Brasileiro Foto/Reprodução/GloboEsporte.com

Com gols de Richarlison e Léo, Tricolor quebra jejum na competição e se aproxima do G-6. Henrique Almeida marca o gol do Coxa, que soma cinco jogos sem ganhar em casa

Curitiba - O Fluminense teve eficiência para vencer o Coritiba, por 2 a 1, neste domingo, no estádio Couto Pereira, pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Os gols do Tricolor foram marcados nas duas primeiras chances que teve na partida, com Richarlison e Léo. Henrique Almeida, que perdeu um pênalti, descontou para o Alviverde. Além disso, o Flu contou com a boa atuação do goleiro Julio César, que evitou o empate.

Com o resultado, o Fluminense quebrou uma sequência de quatro jogos sem vencer no Brasileiro. O Tricolor subiu para a nona posição, com 20 pontos, um abaixo do Sport, sexto colocado. O Coritiba chegou à quinta partida sem vencer em casa, permaneceu com 19 pontos e caiu para a 12ª colocação.

Na próxima rodada, o Coritiba visita a Ponte Preta, na quarta-feira, às 21h (de Brasília), no estádio Moises Lucarelli, em Campinas. O Fluminense recebe o Cruzeiro, na quinta-feira, às 19h30 (de Brasília), no estádio Giulite Coutinho, em Mesquita (RJ).

O jogo

Primeiro tempo

O Coritiba começou o jogo em cima do Fluminense. Aos sete minutos, Galdezani foi derrubado por Marlon na área, e o árbitro marcou pênalti. Henrique Almeida foi para a cobrança, bateu mal e mandou longe do gol. Aos 22, Rodrigo Ramos invadiu a área, chutou cruzado, e Júlio César salvou o Fluminense.

O Tricolor foi cirúrgico. Aos 31 minutos, chegou com perigo pela primeira vez e abriu o placar. Richarlison recebeu na entrada da área, mandou uma bomba no ângulo e fez um golaço. Seis minutos depois, Léo aproveitou a falha de Galdezani e marcou o segundo gol do time carioca. Aos 44, Wendel quase fez o terceiro, mas mandou para fora.

Antes do intervalo, o Coritiba conseguiu diminuir. Após cobrança de escanteio, Henrique Almeida aproveitou a sobra na área, se redimiu do pênalti perdido e mandou para as redes aos 46 minutos. Dois minutos depois, Henrique Almeida dominou na área, mas Júlio César saiu para a defesa.

Segundo tempo

O Coritiba quase empatou o jogo no primeiro minuto do segundo tempo. Após cobrança de escanteio, Neto Berola ficou livre com a sobra, tocou de cabeça e mandou para fora. O Fluminense respondeu aos seis minutos, em chute de Renato para fora.

O Alviverde seguiu buscando o empate e teve duas chances com Galdezani. Aos 13, o volante chutou à direita. Aos 22, ele mandou na rede pelo lado de fora. Depois, foi a vez de Alecsandro não aproveitar as oportunidades. Primeiro, aos 29, quando não alcançou um chute cruzado de Rildo. Depois, aos 31, em cabeceio certeira que parou em grande defesa de Júlio César.

Nos minutos finais, o goleiro Wilson foi para duas vezes para a área do Fluminense para tentar ajudar o Coritiba conseguir o empate, mas sem sucesso.

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.