Adgeferson volta a ser convocado para a seleção brasileira de Kung Fu

Adgeferson Diniz retorna à seleção brasileira de kung fu com sua equipe Foto/João Paulo Maia Adgeferson Diniz retorna à seleção brasileira de kung fu com sua equipe

Enoque Fragoso, Edson Portela e Raquel Monteiro também estão selecionados. Primeiro treino coletivo será nos dias 10 e 11 de dezembro, em Santo André (SP)

Rio Branco, AC - Após conquistar o Campeonato Brasileiro de Kung Fu, este mês, em Brasília, o heptacampeão Adgeferson Diniz, o Pitbull, foi convocado para retornar à seleção brasileira da modalidade. Além do lutador, que é campeão mundial e pan-americano, Enoque Kenedy Fragoso também compete na categoria combate sanda (até 80kg) e Edson Portela e Raquel Monteiro na apresentação de formas, farão parte da preparação nacional.

O primeiro treino coletivo ocorre nos dias 10 e 11 de dezembro, em Santo André (SP). Pitbull, que ficou afastado dos campeonatos desde 2013, destacou a oportunidade e afirmou que não ficou surpreso com a vaga. Focado, ele falou sobre a expectativa de retornar à equipe nacional, após o período afastado das competições.

- Já esperava ser convocado porque fui campeão brasileiro. Ano que vem tem Sul-Americano e Mundial, vou continuar treinando a parte técnica no CT Pitbull e a física na Mais Academia. Quero conquistar meu lugar na Seleção e ser bicampeão sul-americano - disse.

Em 14 anos de carreira, Adgeferson Diniz se consagrou como um dos maiores lutadores de kung fu no estado. O atleta atuou durante sete anos na seleção brasileira e colecionou títulos: hexacampeão nacional, campeão do Pan-americano e do Sul-americano, no México, e campeão mundial, na Itália, entre outros. Em 2013, "migrou" para o MMA, na categoria peso médio e após uma vitória e um empate técnico não participou mais de competições.

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.